Hoje acordamos todos com um sabor amargo ao saber da gravidade da lesão de um dos jogadores em melhor forma e que mais tem contribuído para o nosso jogar (e que belo jogar) nos últimos jogos. Uma maldita rotura do ligamento cruzado anterior do joelho direito tirará o croata dos relvados até ao final da época e de uma parte da pré-época.

Mas não poderemos ver este acontecimento como um drama ou como algo que possa abalar a nossa forma de jogar.

Sem Krovinovic, Jonas não vai deixar de brilhar nem de marcar, sem Krovinovic a dupla canhota Cervi e Grimaldo não vão deixar de se entender às mil maravilha, sem Krovinovic o monstro Fejsa não vai deixar de ser enorme na proteção do corredor central, sem Krovinovic não vamos deixar de ter uma dupla de centrais que neste momento se entende na perfeição como são Rúben e Jardel, sem Krovinovic o seu colega Pizzi não vai deixar de subir de rendimento e passar pela melhor fase da época…

Sem Krovinovic haverá João Carvalho que será um substituto à altura, e porque não a subida do menino João Félix para se ir habituando aos “grandes” e “comer” também daquelas que são as ideias que Rui Vitória quer para o nosso Benfica.

Ah! E sem Krovinovic haverá mais uma razão para lutarmos pelo Penta, para podermos dedicá-lo em Maio!

Anúncios