Começamos a 2a volta do campeonato com uma nova deslocação ao Minho depois de na última jornada termos visitado Moreira de Cónegos.

O Braga de Abel Ferreira é uma das equipas que apresenta um dos modelos de jogo mais atrativos do nosso campeonato.

Apresenta um sistema de 1-4-2-3-1, que pode ser de 1-4-4-2 em organização defensiva.

Defensivamente falando, é notória a zona pressionante bem trabalhada. A pressão à 1a fase de construção do adversário é alta e intensa, sendo que por vezes abrem espaço entre-linhas quando pressionam bem alto a saída de bola. Contudo o bloco arsenalista é alto e compacto.

Ofensivamente tentam sempre sair a jogar pelos centrais, com a participação em situações de pressão adversária, dos médios da equipa, numa situação de saída a 3 ou 3+1.

Acreditamos que devido a regressos, impossibilidades de jogar frente ao clube detentor do passe e de lesões o Braga deve alinhar com Matheus na baliza, Goiano a lateral direito, Bruno Viana e Raúl Silva como centrais, Jefferson na lateral esquerda, os médios são Danilo e Vukcevic, os alas serão Esgaio à direita e Fábio Martins e Ricardo Horta atrás do avançado Paulinho.

Esperemos que se mantenha as boas exibições dos últimos jogos, pois a vitória esta noite na Pedreira trará ainda mais confiança a toda a equipa.

Anúncios