Para o embate de hoje à noite, Rui Vitória deverá fazer 3 trocas em relação ao 11 que alinhou 6ªF passada frente ao Portimonense. Bruno Varela por Júlio César (política de rotatividade dos GR’s), Eliseu por Grimaldo (recuperado de lesão) e Cervi por Sálvio (que foi poupado na 6ªF).

No nosso entender, justificava-se a entrada de Rúben Dias em vez de Lisandro e de Rafa em vez de Zivkovic, pelas razões já explicadas no artigo de análise ao CSKA Moscovo. Com a ausência de Fejsa, Filipe Augusto seria para este jogo uma melhor opção do que Samaris (melhor com bola e defensivamente tem uma atitude de maior contenção do que de risco como o grego).

Com estas mudanças, Rui Vitória conseguiria trazer a confiança (bola) que a equipa necessita nesta altura, após um mau resultado em Vila do Conde e uma má exibição no Estádio da Luz frente aos algarvios.

Seja qual for o 11 escolhido por Rui Vitória, acreditamos que a diferença de maturidade tática entre as duas equipas é demasiado grande, e caso o Benfica saiba parar as transições ofensivas dos russos, deverá conquistar os primeiros 3 pontos já nesta 1ª Jornada da Champions League de 2017/2018.

SLB-CSKA.png

Anúncios