O jogo desta jornada não antecipa à partida um grau de dificuldade muito elevado. No entanto, a metodologia EPU não entra em conta com o facto de 3ªFeira haver já um jogo para a Champions o que poderá levar a um desviar do pensamento já para o jogo seguinte. Se tal não acontecer, não se prevêem muitas dificuldades para a conquista dos 3 pontos por parte do Tetracampeão. Se tal acontecer, claro que as dificuldades surgirão pois do outro lado estarão 18 jogadores prontos a mostrarem-se ao mundo do futebol.

Metodologia 5ª Jornada

Uma das maiores dúvidas passa pela forma como Rui Vitória irá efetuar a gestão do plantel agora que estão a começar as competições europeias. Provavelmente este poderá ser um bom jogo para introduzir 2 ou 3 alterações no 11 inicial, deixando de fora elementos que ainda não estejam 100% recuperados das lesões.

O FCP tem um jogo com grau de dificuldade bastante reduzido (essencialmente pelos maus resultados que o Chaves tem feito até agora – 1 empate, 3 derrotas), enquanto que o Sporting terá um jogo onde as dificuldades maiores serão as dimensões do terreno e o grau de cultura tática da equipa do Feirense. O facto de todos jogarem a meio da próxima semana para a Champions é relevante de igual forma para todos, sendo que principalmente o Sporting tem um jogo que não será aconselhável efetuar muitas poupanças.

Anúncios